PUBLICIDADE


Calvário: R$ 399 mil depositados por Livânia são destinados ao HU


O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator do processo da Operação Calvário, deferiu pedido do Ministério Público da Paraíba (Gaeco) no sentido de destinar R$ 399 mil, depositado judicialmente por Livânia Faria ao Hospital Universitário Lauro Wanderley para o enfrentamento ao novo coronavírus.

O valor deverá ser utilizado para a aquisição de 2.660 testes para o Covid-19, em 133 kits. A decisão ocorreu nesta sexta-feira (27). Os materiais poderão ser doados pelo HULW a qualquer outro hospital público do Estado da Paraíba vinculado ao SUS, desde que para o enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19).

Postar um comentário

0 Comentários