PUBLICIDADE


Em Nova Floresta, decreto adota medidas de combate ao coronavírus


A partir desta segunda-feira (23), academias, ginásios e centros esportivos públicos e privados, bares, restaurantes, lanchonetes, casas de festas, casas noturnas, boates e estabelecimentos similares da cidade de Nova Floresta, Curimataú paraibano, devem permanecer fechados por 15 dias como forma de combater o contágio da população pelo novo coronavírus.

A decisão foi tomada pelo prefeito Jarson Santos, que destaca, ainda, que os bares, restaurantes, lanchonetes e similares poderão ofertar seus serviços através de entregas (delivery). O decreto proíbe, ainda, a utilização de equipamentos públicos como praças, parques, coretos e similares. Em caso de desobediência, a Polícia Militar poderá fazer a desocupação de forma coercitiva dos espaços.

Postar um comentário

0 Comentários